Dólar tem leve alta com exterior e Ptax

Por Exame / Reuters / Investing / TradersClub

São Paulo – O dólar iniciou o último pregão de novembro com leve alta ante o real, aguardando o desfecho do encontro entre os presidentes dos Estados Unidos e da China no G20, com esperança de algum acordo comercial entre as partes que alivie as preocupações com o crescimento global.

A formação da taxa Ptax de final de mês – usada em diversos derivativos cambiais -, no entanto, deve adicionar volatilidade aos negócios na sessão e deixar o mercado mais técnico na primeira metade do dia.

Às 9:05, o dólar avançava 0,10 por cento, a 3,8615 reais na venda, depois de terminar a sessão anterior em alta de 0,43 por cento, a 3,8575 reais. O dólar futuro tinha alta de 0,22 por cento.

Conjuntura Nacional

Hoje ainda teremos PIB brasileiro do terceiro trimestre, às 09h00 pelo horário de Brasília, que deve ter crescido 0,8 na base sequencial. Fique de olho na reação dos mercados aos números, prontamente posteriores à greve dos caminhoneiros que afetou o trimestre anterior. O dia ainda terá a reação das estatais e da bolsa à nomeação do almirante Bento Costa Lima Leite de Albuquerque Junior ao ministério de Minas e Energia.

Conjuntura Internacional

O dólar subiu na sexta-feira, com os investidores voltando sua atenção para a cúpula do G20, que começa no final do dia na Argentina.

Os investidores também estavam concentrados em possíveis aumentos de juros do Federal Reserve. A ata do Fed lançada na quinta-feira mostrou que o banco central espera aumentar as taxas de juros, mas não oferece um cronograma. As atas foram divulgadas um dia após o presidente do Fed, Jerome Powell, ter dito que o nível atual de juros está “logo abaixo” de neutro, o que os investidores vêem como um sinal de que o ritmo de novos aumentos pode ser mais lento.

O euro também estava em baixa, com vendas de varejo alemãs decepcionantes, e o par EUR/USD recuando 0,27% para 1,1362. As vendas no varejo na Alemanha caíram 0,3%, uma baixa de três meses, em comparação com as estimativas de um aumento de 0,4%.

A libra permanecia em baixa, com o par GBP/USD recuando para 1,2752 em meio a preocupações contínuas com o Brexit.

Intervenção Bacen

O Banco Central anunciou na véspera que iniciará na próxima segunda-feira a rolagem do vencimento de janeiro em swaps cambiais tradicionais, equivalentes à venda futura de dólares, com oferta de 13.830 contratos.

Segundo nota da autoridade monetária, o calendário de leilões será mais enxuto, com a conclusão da rolagem até o dia 21 do mês que vem. Vencem em janeiro 10,4 bilhões de dólares em contratos de swap cambial. O estoque total do BC totaliza 68,9 bilhões de dólares.

Agenda

— 08h00: Índice confiança empresarial de novembro – FGV
— 09h00: PIB do 3T – IBGE; consenso 0,8% na base sequencial
— 09h00: PIB do 3T – IBGE; consenso 1,6% na base anual
— 10h30: Resultado primário do setor público consolidado – BC
— 10h30: Dívida líquida do setor público – BC

Compartilhar: