Dólar sobe com aumento da cautela global, chegando a R$ 4,18

Por Estadão

O dólar sobe nesta quarta-feira (25) ante o real em resposta ao movimento de busca de proteção global na divisa americana por causa dos desdobramentos incertos das discussões comerciais entre os Estados Unidos e a China e do inquérito aberto na véspera para possível impeachment de Donald Trump, suspeito de ter usado o cargo para perseguir o ex-vice-presidente Joe Biden, seu adversário político.

Nessa terça-feira (24) em discurso na Assembleia Geral da ONU, Trump voltou a acusar a China de manipular o câmbio e disse que não aceitará um acordo comercial “ruim” com o país asiático. Já o ministro chinês das Relações Exteriores, Wang Yi, alertou nesta quarta que a separação das duas economias é uma rota que levaria a “problemas infinitos” para ambos os países. O ministro criticou a visão de que a China seria um adversário dos EUA, e afirmou que os americanos deveriam “evitar comprar uma briga com o país errado”.

Os investidores devem monitorar os discursos de dirigentes do Federal Reserve (Fed) de Chicago, Charles Evans (vota) e de Kansas, Esther George (vota) nesta manhã.

Além disso, segundo um operador de câmbio, aumenta a percepção interna de que o governo está com dificuldades de passar seus projetos no Congresso, após a derrubada de 18 vetos de Bolsonaro à lei de abuso de autoridade pelo Congresso, enquanto outros 15 vetos foram mantidos.

No começo da tarde, as atenções devem ficar ainda sobre o ministro da Economia, que participa de audiência pública na comissão mista do Orçamento. Guedes deve falar sobre o projeto de lei que institui o Plano Plurianual da União para o período de 2020 a 2023 e o projeto de lei que dispõe sobre a lei orçamentária de 2020.

Às 10h05min desta quarta, o dólar à vista registrava a máxima, aos R$ 4,1845 (+0,38%), enquanto o dólar futuro de outubro avançava a R$ 4,1945 (+0,73%). A ligeira distorção no preço decorre da proximidade do fim de mês e de uma demanda defensiva, segundo operadores, uma vez que o dólar futuro costuma ser negociado acima do valor do dólar spot. Ainda assim, a taxa do cupom cambial do dólar casado estava positiva em 0,40 ponto às 9h27, ante 0,80 ponto no encerramento de terça.

Compartilhar: