Dólar tem leves variações à espera de comissão especial da Previdência

A partir de Reuters / Traders Club

O dólar mostrava poucas variações ante o real na abertura do pregão desta terça-feira, com investidores na expectativa pelo voto complementar do relator da reforma da Previdência na comissão especial, e renovada cautela no âmbito das negociações comerciais entre Estados Unidos e China.

Na véspera, o dólar fechou com variação positiva de 0,06%, a 3,8434 reais na venda.

Neste pregão, o dólar futuro rondava a estabilidade.

Conjuntura Nacional

O investidor foca sua atenção hoje na pauta doméstica, com a leitura, ao longo da manhã e da tarde de hoje, do parecer do relator, deputado Samuel Moreira, sobre o texto da reforma na comissão especial da Câmara. Apesar dos atritos com o Congresso, a reforma da Previdência, principal projeto deste início do governo, avança com pouca diluição, em termos da economia fiscal do projeto, e com oposição inesperadamente baixa. O apoio da grande maioria do Parlamento é inédito para uma proposta tão impopular. A expectativa no mercado é de que a pauta seja votada no plenário da Câmara antes do recesso parlamentar, que começa em 18 de julho.

Conjuntura Internacional

No exterior, pesa no sentimento a decisão dos Estados Unidos de propor sobretaxas sobre US$4 bilhões em importações vindas da União Europeia, incluindo queijos, carnes, massas e alguns tipos de uísque. A medida, em retaliação aos subsídios de aviões europeus, mostra que as tensões comerciais ainda são uma dor de cabeça para os investidores, apenas alguns dias após o anúncio da trégua comercial temporária entre os EUA e a China. A aversão ao risco domina de novo, junto com um movimento de leve realização, que, em teoria, pode impactar o rumo dos negócios aqui na B3. Fique de olho na reunião da Opep com os países não-membros do bloco, onde pode ser sacramentada a extensão de cortes de produção do petróleo até começo de 2020.

Banco Central

O BC realiza neste pregão leilão de 6,175 mil swaps cambiais tradicionais, correspondentes à venda futura de dólares, para rolagem do vencimento de agosto.

Agenda

08h00 IPC-S capitais semanal (junho) – FGV
09h00 Produção industrial mensal (maio) – IBGE
09h00 Produção industrial anual (maio) – IBGE
11h00 Vendas de veículos mensal (junho) – Fenabrave

Compartilhar: